GNA no enfrentamento do novo Coronavírus

Ciente do rápido crescimento do número de casos da COVID-19 no país e de nosso papel social na segurança e saúde de seus colaboradores e de toda a comunidade, estamos implementando uma série de ações para a orientação, a prevenção e o combate à doença.

Nesta página você irá conhecer algumas das medidas que adotamos, bem como orientações para se proteger da COVID-19.

Primeiras medidas

Assim que os primeiros casos de COVID-19 começaram a aparecer no país, a GNA formou um comitê de crise interno, com representantes de diferentes áreas, e optou por colocar os colaboradores de seus escritórios em regime de home office, mantendo somente os profissionais de atividades essenciais exercendo suas atividades normais, mas dentro dos mais rígidos controles de segurança.

A GNA também apoiou a decisão das empresas que constroem seus empreendimentos de, temporariamente, suspender as obras, sendo mantidos somente serviços essenciais de conservação dos equipamentos e sistemas já instalados, além de algumas atividades críticas.

Destinação Destinação

Destinação de R$ 2,8 milhões para o combate a COVID-19

Em apoio ao município de São João da Barra, a GNA vai destinar cerca de R$ 2,8 milhões, referentes à compensação socioambiental do projeto GNA I, para a compra de materiais e equipamentos, que serão usados no tratamento de pessoas infectadas. Esta importante iniciativa foi formalizada por meio de Termo de Compromisso Ambiental (TCA) assinado entre a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade do RJ, o INEA, a Prefeitura de São João da Barra e a GNA.
Em paralelo, a companhia também doou quatro respiradores pulmonares, mil testes rápidos da COVID-19 ao município e 150 máscaras tipo face shield e, ciente da sua responsabilidade social, vem avaliando outras opções para contribuir com a Secretaria de Saúde do Município de São João da Barra.

Comitê de Responsabilidade Social e
Ações Humanitárias

A GNA se juntou às empresas que atuam no Porto do Açu para criar uma ampla frente de prevenção e combate à COVID-19, por meio do estabelecimento de um Comitê de Responsabilidade Social e Ações Humanitárias. Atuando em parceria com instituições locais reafirmamos o nosso compromisso de apoiar a população de São João da Barra e Campos dos Goytacazes na prevenção e controle do avanço da doença. Dentre as ações:

  • Doação de EPIs:está em andamento a aquisição de 90 mil EPIs, dentre luvas, máscaras e aventais, para a doação aos profissionais de saúde dos municípios;
  • Respiradores pulmonares:estamos apoiando à manutenção corretiva de aproximadamente 20 respiradores pulmonares da rede pública de saúde de Campos, município de referência no Norte Fluminense;
  • Doação de 5 mil máscaras face shield:por meio da doação de matéria-prima, estamos subsidiando a produção de mais de 5 mil máscaras Face Shield pelo IFF de Campos;
  • Máscaras de tecido:estamos subsidiando a produção de 10 mil máscaras de tecido por confecções locais, para serem distribuídos à população de São João da Barra;
  • Doação de alimentos:mais de 1 tonelada de alimentos produzidos pelos pequenos produtores rurais locais foram adquiridos pelo Comitê e doados às instituições de caridade e abrigos de São João da Barra. Com o fechamento das escolas, esses produtores não conseguiram escoar sua produção, sendo assim, a ação contribui para a geração de renda aos produtores e leva alimentos à população mais vulnerável.
Campanhas de Conscientização

Além de apoiar o sistema público de saúde, o Comitê de Responsabilidade Social e Ações Humanitárias está realizando uma campanha de conscientização para as comunidades da região. Mensagens por aplicativo, carros de som e informes nas rádios locais estão sendo compartilhadas para informar à população dos cuidados necessários.

Medidas de controle adotadas nas obras:

Para os colaboradores que permanecem com trabalho presencial, foram implementadas diversas medidas de controle dentro das obras, por exemplo:

  • Monitoramentodiário de temperatura no início e final do expediente;
  • Treinamento, fiscalização dos colaboradoresna utilização dos EPIs, bem como higienização pessoal;
  • Manutenção da distância segurade 2 metros entre pessoas nos locais de trabalho ou onde se reúnem regularmente, como nos refeitórios e vestiários;
  • Ônibus circulando com janelas abertas, com 30% da capacidade e obedecendo à recomendação da distância segura de 2 metros;
    Uso obrigatório de máscaras;
  • Instalação de marcadores no chão, indicando distâncias seguras, onde as pessoas normalmente esperam em filas (acesso aos ônibus, catracas, refeitório, entre outros);
  • Disponibilização de álcool gel 70%e pias com água, sabão e papel toalha em diferentes frentes de trabalho para que todos os colaboradores possam utilizá-los com frequência;
  • Higienização diária dos espaços comuns: ônibus, banheiros e refeitórios;
  • Distribuição de comunicadoseducativos nas áreas comuns, bem como nos ônibus;
  • Treinamento, conscientização e fiscalizaçãode refeitório e cozinha;
  • Realização de diálogos diáriosde segurança em diferentes frentes de trabalho.

Prevenção e cuidados contra a COVID-19

Fique em casa! De acordo com as orientações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde, o isolamento social é a melhor maneira de proteger as pessoas e controlar o avanço do novo coronavírus.

Lavar sempre as mãos com água e sabãopor,
pelo menos,
20 minutos.
Evitar tocar
seus olhos,
nariz e boca.
Cobrir a boca
e o nariz
com o antebraço se precisar tossir
ou espirrar.
Optar por usar álcool gel para higienizar as
mãos quando
sair de casa.
As máscaras
são obrigatórias
ao sair na rua.

Lave bem as mãos antes e depois de colocar e de tirar a máscara. Durante o uso, nunca toque no tecido.

Fique em casa, mas se precisar sair, tome alguns cuidados como:

Evite saídas não
previstas

Se puder, peça mercado ou farmácia, mas sem exageros!

Leve suas sacolas
para o mercado

Dessa forma, você evita sacolas plásticas utilizadas por todos.

Opte por pagar
com cartão

Assim, você evita o contato com cédulas e moedas.

Procure não
usar acessórios

Relógios e anéis podem dificultar a higiene das suas mãos.
 

Fez suas compras?

Ao chegar, não se esqueça de higienizá-las com álcool 70% ou desinfetante.

Ao chegar da rua,
tome banho

Coloque as roupas sujas para lavar e limpe os sapatos e bolsas.

Evite usar áreas
de lazer

Espaços abertos são ótimos, mas os brinquedos podem estar contaminados.

Higienize a máscara ao chegar em casa

Use uma solução de 1l de água para 10ml de água sanitária. Deixe de molho por 40 minutos e depois lave com água e sabão.
Fonte: Ministério da Saúde e OMS
Veja mais fotos de nossas ações: